Psicologia e Psiquiatria

O que fazer se o marido caiu de amor

E se o marido caiu de amor? Cada casal, durante um certo período de coabitação, passa por fases de crise no relacionamento. Como resultado, recomenda-se primeiro entender o conteúdo da frieza e do desapego dos homens, para entender se o cônjuge realmente se desapaixonou ou se a família acabou por estar no limiar do próximo período crítico dos relacionamentos. Além disso, a indiferença e a indiferença nos relacionamentos podem ocorrer devido à extinção natural da paixão, a partir do fato de que a vida ficou manchada, atormentaram os problemas associados à auto-realização profissional. Para não cometer um erro de cálculo fatal, um erro fatal, um relacionamento que valha a pena, ou não cruzar o Rubicão e o ponto sem retorno, deve-se tentar levar o piedoso a um diálogo franco, que não deve ser erguido contra acusações e ofensas mutuamente dirigidas, mas num diálogo respeitoso. cada cônjuge tem o direito de falar francamente. E se, de fato, ficar claro que o parceiro realmente perdeu o amor, então não é necessário plantar umidade e histeria, será ótimo dar um tempo a fim de dar tempo para analisar a situação, analisar seus próprios sentimentos e encontrar soluções aceitáveis.

Marido fora do amor, o que fazer - dicas

Muitas vezes, em pares, há um período de resfriamento após vários anos juntos. Os relacionamentos deixam de estar cheios de emoções positivas brilhantes e os cônjuges passam cada vez mais tempo separados. E mesmo quando eles constroem ou criam algo juntos, eles ainda se sentem desapegados.

A razão para tal alienação não será necessariamente o desaparecimento do amor por parte dos piedosos. Muitas vezes isso é devido à perda de interesse. Neste caso, a tarefa de uma mulher inteligente que quer salvar sua família é encontrar a fonte do problema e erradicá-lo.

Se o comportamento do cônjuge dá um resfriado o tempo todo, se ele vive uma vida separada da família, não está interessado nos assuntos do cônjuge, então, muito provavelmente, o amor de seu coração se foi.

O que fazer se o marido se apaixonou por sua esposa, como se comportar, como sobreviver a um período tão difícil para uma mulher? Questões semelhantes atormentam todas as mulheres que se encontram em situações semelhantes. No primeiro turno, não se deve ignorar o que está acontecendo e pensar que este é simplesmente um período difícil, que se auto-destrói com o passar do tempo. Mas imediatamente vá ao ataque, também, não deveria. Se uma mulher começou a notar que seu marido está ficando mais frio em relação a ela, então recomenda-se observar o comportamento futuro do cônjuge e o desenvolvimento da situação. Mas se o problema foi adiado, se não houver uma única tentativa por parte dos fiéis de retornar o antigo relacionamento ou preservar o casamento, então esta é uma excelente razão para imaginar se este homem é realmente necessário, vale a pena desperdiçar as células nervosas e derramar lágrimas?

E se o marido caiu de amor, mas não sai? Primeiro, identifique os sintomas de "não gostar". Afinal, o termo "deixar de amar" é um conceito relativamente solto e relativo. Às vezes, pode desistir de que o amor tenha passado, mas, na realidade, pode não ser perceptível sob a pilha de emoções negativas acumuladas ao longo dos anos do casamento. Portanto, os psicólogos identificam vários sinais que sinalizam problemas no relacionamento:

- o cônjuge deixou de tratar sua esposa com ex-trepidação, e o código da esposa estende a mão para ele, ele se afasta;

- deixou de trair o valor de um jantar conjunto, café da manhã ou almoço. Muitos ignoram a importância da relação dos sexos das refeições familiares. Parece que um jantar conjunto é tão insignificante, mas uma refeição conjunta deixa os cônjuges muito próximos. Ignorar um componente tão significativo de relacionamentos fortes demonstra a falta de vontade subconsciente dos fiéis de estar perto de sua esposa;

- o cônjuge muitas vezes se recusa a discutir conjuntamente seus problemas de trabalho, problemas menores que surgem em cooperação com colegas ou companheiros. Isso significa que ele não quer permitir que sua esposa entre em sua zona pessoal;

- começou a encontrar falhas em sua esposa, mesmo sem motivo, acredita que ela faz tudo em um grau C fraco, mas não percebe seu sucesso e esforços;

- Parou de ligar primeiro e ligar de volta com uma chamada perdida do cônjuge;

- a iniciativa dos fiéis também desapareceu intimamente, e todas as tentativas de uma mulher de interessar o marido no plano íntimo estão condenadas ao fracasso antecipadamente;

- ele começou a usar cada vez mais os pronomes “eu e o meu”, enquanto ele costumava aplicar constantemente “nós, os nossos”;

- o cônjuge praticamente não se importa com o que acontece com sua esposa, o que a perturba, seu estado de saúde, problemas e alegrias.

Assim, depois de reler os sintomas listados e encontrar todos ou vários deles em seus próprios relacionamentos familiares, surge novamente a questão diante da mulher: o que fazer se o marido tiver perdido o amor com sua esposa? Para começar, recomenda-se entender as razões para deixar os sentidos. Em cada casamento, as razões são puramente individuais, mas vários pontos gerais podem ser explicados. Maridos, na maioria das vezes se acalmam com seus próprios fiéis devido à falta de intimidade emocional. Basicamente, o mal-entendido nas relações familiares nasce da incapacidade dos cônjuges de falar abertamente sobre problemas, expressar sinceramente sentimentos, expressar sentimentos, empatizar, etc. O resultado é que os parceiros não podem corrigir o "mau" no relacionamento, ou seja, o que eles não gostam no relacionamento. O resultado é uma bola de neve de problemas que ameaçam destruir o casamento.

E se o marido caiu de amor, mas não sai? No primeiro turno, não há necessidade de se sentar de braços cruzados, esperando por um milagre. Quanto mais cedo uma mulher começa seu processo religioso de reviver sentimentos desbotados, maiores são as chances de salvar as relações familiares.

Entre as razões pelas quais os homens perdem o sentimento de amor pelos fiéis, destacam:

- pagamento por pecados passados ​​(por exemplo, o cônjuge foi visto traído, desgraçado o marido antes de pessoas significativas para ele ou não trata mal o seu cônjuge, etc.);

- não havia amor algum - o homem estava confuso, paixão, admiração, apaixonando-se pelo amor;

- a aparência de uma amante;

- o desaparecimento de interesse e não apenas íntimo (o marido leu o livro inteiro e ficou entediado).

Depois de analisar as razões que levaram à extinção de sentimentos, uma mulher tem a oportunidade de delinear uma estratégia para o renascimento de relacionamentos passados. No primeiro turno, você deve fazer sua própria aparência, mudar a imagem, diversificar o guarda-roupa, comprar roupas íntimas sedutoras. É necessário tentar interessar o marido consigo mesmo, para que ele dê uma nova olhada no outrora amado.

E se o marido caiu de amor e quer sair? É necessário separar-se com dignidade. Se um homem quer sair, ele deve ser libertado sem escândalos histéricos e exaustivos. Por que ser humilhado, derramar lágrimas, se uma pessoa caiu de amor? Acontece. Dói, ofensivamente, mas não fatalmente. Você precisa tratar adequadamente a ruptura com a pessoa amada. A separação é o fim das relações familiares, mas qualquer fase da vida é também o seu começo. E quem sabe, talvez ele seja muito mais interessante que o anterior? Um novo palco, como uma folha de papel virgem branca, sobre o qual você pode desenhar toda a vida subsequente, como o próprio artista quer ver, sem mexer nos desejos de sua esposa. O tempo livre pode ser gasto em auto-educação, hobbies, filhos, viagens, novos romances.

O que fazer se o marido caiu de amor - o conselho de um psicólogo

Há um grande número de problemas que levam à frieza e imprecisão no relacionamento dos cônjuges. O primeiro lugar entre tais problemas ocupa a casa. Muitas vezes, todas as brigas em um par surgem por causa da incapacidade de ajustar corretamente a vida, a relutância em concordar e ceder. Cuidados e deveres cotidianos matam o romance e a misteriosidade do relacionamento que acontecia no palco de namoro com buquês de doces. Um homem gradualmente começa a irritar a aparência de sua esposa, consistindo de bobes de cabelo constantes na cabeça, um manto lavado e um rosto descontente. Como resultado, está cada vez mais começando a cativar a aparência de estranhos encontrados na rua. E isso é natural. Jovens meninas andando pelas ruas de sua cidade natal em saltos altos com queixos orgulhosamente levantados em saias curtas. Eles têm um sorriso no rosto e um corte de cabelo na cabeça. Eles não estão sobrecarregados com o peso dos problemas domésticos. Eles são felizes. Todos os dias, diante dessa beleza, os homens acham mais difícil olhar para suas próprias esposas. E é natural. Afinal, os filhos de Adão amam os olhos.

Outro problema comum é o "auto-sacrifício" feminino. A maioria das moças, tendo recebido o anel no dedo direito e ouvindo o tão esperado "sim" no cartório, dedica-se inteiramente a cuidar da família, cometendo assim um erro fatal. Por alguma razão, as meninas, tendo ganhado o status de senhoras casadas, abandonam seus estudos e hobbies, esquecem seus amigos, param de se desenvolver e se interessam pelo que acontece fora do apartamento, e começam a existir unicamente na vida de um cônjuge. O resultado é que a cada ano mais e mais perdem o interesse do único amado. Ele só sente falta da companhia de uma jovem tão jovem. O tédio é o fator destrutivo mais poderoso das relações familiares.

Marido diz que ele caiu por amor, o que fazer? Como transformar a situação a favor deles? Assim, antes de implantar uma operação em grande escala chamada "reviver os sentidos", recomenda-se que você gaste um tempo pensando sobre a necessidade de uma mulher desse homem em particular. Por que desperdiçar energia e emoções em uma pessoa que informou diretamente a sua esposa que ele não precisa dela? É claro que, muito provavelmente, no resfriamento do cônjuge há um pouco de culpa feminina, mas tal comportamento não pinta um homem. Deus deu aos homens a capacidade de falar não apenas para conversar com amigos do futebol com um copo de cerveja, mas para a comunicação e, antes de mais nada, para a comunicação com a família. De fato, a maioria dos problemas pode ser evitada discutindo-os. E o esfriamento no relacionamento pode ser advertido, explicando ao cônjuge sobre suas próprias expectativas do casamento e dela em particular.

Então, o que fazer se o marido perdeu o amor e quer sair? É simples. Devemos desejar-lhe um bom vento e uma jornada feliz. Você pode até mesmo ajudá-lo a coletar coisas para não se demorar. Por que uma mulher, que ainda tem muitas coisas interessantes pela frente, gasta esforços em devolver aqueles que fogem ao menor problema, em caso de dificuldades, coloca sua decisão nos frágeis ombros do cônjuge. É mais fácil sair do que tentar reviver os sentimentos.

Se, depois de analisar a situação, a mulher ainda decidir devolver o amor dos fiéis, recomenda-se seguir as dicas abaixo.

Marido diz que ele caiu por amor, o que fazer? É necessário transformar completamente, atualizar o guarda-roupa, mudar a imagem e o espírito interior. A aparência é recomendada para adicionar um toque de intimidade e foco na feminilidade. Não é ruim ir a algum lugar com os amigos para relaxar, para demonstrar a nova imagem dos homens ao redor. Um pouco de admiração em seus olhos vai dar confiança, bajular o orgulho e aumentar a auto-estima. Uma mulher não pode existir sem elogios e admiração masculina. Ele simplesmente murchará como uma planta sem água se não alimentar sua autoestima com elogios deliciosos da metade forte.

O cônjuge certamente prestará atenção a todas as mudanças que ocorreram com seu devoto. Observe e aprecie. Além disso, a transformação do cônjuge fará com que ele pense muito.

E se o marido caiu de amor e saiu? Não se desespere, acalme-se e dê amor a si mesmo. Você não deve menosprezar ele para ficar, correr atrás dele, constantemente nazvanivat. Você deve respeitar a si mesmo. O marido é um adulto que tomou a decisão. Não importa se esta é a decisão certa ou não. Não cônjuge para avaliar sua correção. A própria vida vai gradualmente colocar tudo nos lugares certos. Se um homem perceber que estava errado, ele retornará. Mas ele retornará devido ao fato de que ele está ciente de quão bom ele realmente estava com sua esposa. Um homem nunca vai viver onde ele se sente mal e voltar para onde ele não quer, ele não vai. Por pena, ele não poderá viver com uma mulher também. Os homens não são propensos ao auto-sacrifício. Portanto, tentativas desesperadas, juntamente com histeria, causarão apenas uma pena chata para o cônjuge, e de modo algum o desejo de estar com ela.

Então, o que fazer se o marido caiu de amor e saiu? Há duas opções: devolver o fiel ou permitir-se ser feliz sem ele. É melhor tomar uma decisão em um estado equilibrado e de bom humor. É necessário entender que retornar um cônjuge não significa ser humilhado na frente dele e pedir. É necessário apenas ser transformado tanto externamente quanto alma, de modo que seu único desejo seria a satisfação de todos os caprichos do cônjuge novamente amado. Para seguir a segunda opção, primeiro você precisa parar de amar seu cônjuge. Para este fim, recomenda-se tentar encontrar momentos positivos nesta situação. Por exemplo, calcule quanto tempo irá aparecer para atender às suas próprias necessidades.

O que você precisa fazer para o marido por amor amante? Infidelidade conjugal é a causa do surgimento das emoções negativas mais intensas, variando de dor, ressentimento e terminando com o ódio do traidor. Restringir esses sentimentos e, ao mesmo tempo, avaliar objetivamente o que aconteceu está disponível apenas para mulheres muito reservadas.

Então, o que fazer ao marido por amor à sua amante? Siga as recomendações abaixo. No primeiro turno, você deve tomar sob o freio todas as emoções e gritos, correndo para fora. Já que raiva, acessos de raiva e censuras levarão apenas à irritação de ambos os lados e a uma alienação ainda maior. Homens são grandes egoístas. Portanto, quando eles chegam em casa, eles têm mais medo de "realizar o cérebro" em vez de um delicioso jantar e um sorriso terno da esposa.

Para que um homem prefira sua legítima esposa à sua amante, deve-se superar o rival em todos os parâmetros. Desculpas por não ter tempo ou dinheiro suficientes não são um argumento. Você pode melhorar sua figura com a ajuda do exercício diário, que não é necessário para executar em um clube de fitness de luxo caro. Exercer bastante real e em casa. Para mudar a imagem, é claro, você precisa gastar dinheiro, mas esse é um desperdício único. Aqui você precisa decidir o que é mais importante: o retorno do cônjuge errado ao seio da família ou a poupança, juntamente com a preguiça. Além disso, não é recomendado esquecer o poder "curativo" da íntima nas relações familiares. Com todo o poder que você precisa para buscar intimidade do marido para que ele não seja suficiente para o adversário. Uma figura atraente que pode ser obtida apenas com a ajuda de treinamentos esportivos e roupas íntimas sedutoras reduzirá a probabilidade de receber uma recusa em pagar dívidas matrimoniais. Atenção deve ser dada, além do exposto, também para trabalhar nos relacionamentos e no conforto do lar.

Assista ao vídeo: AMOR, ESTOU GRÁVIDA! O NOSSO 2º FILHO trollei meu marido e ele foi super fofo (Novembro 2019).

Загрузка...