Psicologia e Psiquiatria

Interpretação

Interpretação - Este é o processo de explicar, reformular, interpretar o significado de um fenômeno para uma melhor compreensão. Interpretação é sinônimo de interpretação e verifica-se que é um método de exegese, a ciência da interpretação de diferentes manifestações de vida. É também um método no estudo de várias ciências: matemática, linguística, psicologia, filosofia, lógica, literatura.

A definição de interpretação de todas as ciências pode ser reduzida a uma única - esta é uma técnica pela qual as hipóteses se tornam verdadeiras, dotadas de significado. Interpretação é o processo de decifrar um sistema complexo (texto, dados, variáveis, fenômenos) e fazer uma definição mais compreensível, concreta e simples.

Interpretação é sinônimo - explicação e explicação, com base nisso, pode ser interpretada como a chave para a compreensão de certas fórmulas, signos que têm seu significado, mas enquanto não for interpretada, permanece desconhecida e incompreensível.

Interpretação dos resultados da pesquisa

Na fase final de qualquer pesquisa, análise e interpretação dos resultados da pesquisa ocorre. Os dados obtidos devem ser interpretados corretamente. A tarefa de interpretação é identificar os valores dos resultados obtidos e sua aplicação na teoria e prática, para determinar o nível de sua novidade e significado prático, bem como a eficiência no uso.

As mais difíceis são a interpretação de resultados que não atendem às condições e expectativas da hipótese. Para evitar erros de interpretação, você pode checar os resultados, revisar o início conceitual, após o qual a análise e interpretação dos resultados da pesquisa é realizada novamente para qualquer um dos métodos. Existem vários deles.

O método genético de interpretação é uma maneira de explicar fenômenos através do prisma de seu desenvolvimento ontogenético e filogenético. O método genético ajuda a identificar a relação entre os fenômenos estudados e o tempo, para rastrear o processo de desenvolvimento desde o nível mais baixo até a mais alta forma de desenvolvimento. Mais frequentemente usado em estudos longitudinais.

Método estrutural de interpretação - focado na definição e descrição da estrutura dos fenômenos investigados. No decorrer do estudo, o estado atual do objeto é descrito pela primeira vez, suas propriedades de profundidade constante são estudadas e as conexões entre os objetos são estudadas. Assim, uma estrutura de objeto é criada com todas as inter-relações possíveis em diferentes níveis da organização. Este método mostra muito bem o estado do objeto, você pode facilmente entender sua estrutura em todos os níveis da organização e seus elementos individuais.

O método de interpretação funcional descreve as conexões entre um objeto e seu ambiente, estuda as funções desses fenômenos e seu significado, confere a cada elemento individual uma função. A partir disso, expira que o objeto consiste em unidades funcionais e atua como um mecanismo completo.

Método de interpretação abrangente - descreve o objeto de pesquisa usando métodos diferentes, para estudá-lo de todos os lados, todos os seus componentes e para dar significado a cada componente. Muitas vezes, ao descrever um assunto, são usados ​​métodos que são usados ​​não apenas no campo da ciência estudado, mas também em outras ciências diversas.

O método do sistema considera cada componente individual do fenômeno sendo estudado como um sistema e explica as conexões entre esses sistemas em um único organismo. Assim, o fenômeno em estudo torna-se um sistema grande e complexo que interage com o ambiente. Integridade e coerência do sistema são determinadas pela complexidade dos processos de todas as estruturas e subsistemas que formam o sistema do objeto. Mas todo o sistema não atua como a soma das influências dos elementos, sintetiza-os, de modo a alcançar uma ação harmoniosa na qual todos os subsistemas interagem e, no processo dessas conexões, funções serão desempenhadas. O método do sistema ajuda a ver o sistema como uma combinação de subsistemas ou, por outro lado, um subsistema de um sistema complexo.

Interpretação é em psicologia

Interpretação em psicologia é um procedimento pelo qual um psicólogo (em aconselhamento psicológico) explica ao cliente o significado de suas ações.

Exemplos de interpretação em psicanálise: a interpretação de sonhos, associações e instintos profundos do homem. Um sonho definitivamente faz sentido, pode ser explicado se seguirmos a atividade atual, experiências e sentimentos de uma pessoa. Todos esses relacionamentos podem ser exibidos em uma imagem simbólica em um sonho e somente, devido à interpretação correta, pode-se entender seu significado profundo. Associações causadas pelo sono também são interpretadas. É possível verificar a exatidão da interpretação do sonho pelo analista se uma certa reação ocorreu em resposta correspondente à interpretação das palavras do psicólogo.

Interpretação é especialmente relevante no estudo psicológico, onde há a complexidade do fenômeno. Baseia-se na troca de valores e troca de informações entre as ciências, conceitos e teorias, o uso de diferentes tipos de conhecimento, diferentes formas de idéias sobre o fenômeno em estudo e seu desenvolvimento.

Ao utilizar dados empíricos, disposições, padrões, conhecimentos extraídos de outras ciências, é necessário esclarecer seu significado e também revelar o significado psicológico dessa posição. A comparação desses dois sentidos obtidos nos permite usar corretamente os resultados em psicologia e também em outras ciências. Às vezes, acontece que o processo de trocar conclusões e posições entre as ciências é muito complexo, já que existem categorias que são chamadas as mesmas, mas cada ciência lhes dá um significado diferente, por causa disso, o verdadeiro significado do conceito é perdido. O objeto interpretado também tem seu significado primário, e a imposição de um ou mais significados nele complica muito sua percepção.

Na pesquisa psicológica e pedagógica, o conhecimento adquirido de outras ciências e utilizado na interpretação dos fenômenos deve ser mais humanitário por sua melhor percepção e pela interpretação de seu verdadeiro significado, que é de significado imediato.

Na interpretação psicológica é necessário comparar constantemente o conhecimento científico e a experiência empírica de cada pessoa. As leis científicas não podem descobrir completamente todo o significado do fenômeno em estudo sem levar em conta a influência subjetiva de uma pessoa.

O uso de testes por psicólogos em aconselhamento individual é passível de críticas, precisamente porque a interpretação, que está no único teste, não consegue expressar plenamente todas as características de uma pessoa.

A interpretação dos resultados dos testes deve ser compreensível para o cliente, e um dos métodos de interpretação pode ser usado para isso.

A interpretação descritiva dos resultados dos testes descreve informações sobre o estado atual do assunto.

A interpretação genética explica como o sujeito atingiu o nível atual de desenvolvimento.

A interpretação preditiva se concentra em prever o futuro.

A interpretação da avaliação contém recomendações de intérprete.

Em psicologia, a interpretação da imagem é frequentemente técnica aplicável, a imagem fala sobre os sentimentos profundos e ocultos de uma pessoa. O desenho é uma projeção do mundo da pessoa para o exterior, neste caso, para o papel. Ele pode falar sobre o caráter de uma pessoa, suas experiências atuais, características pessoais. A aplicação do quadro na psicologia é chamada de método projetivo e tem um significado especial entre outros métodos, já que com seu uso as características de uma pessoa são melhor divulgadas.

Interpretação da imagem tem dois tipos de indicadores, que o psicólogo chama a atenção na descrição. O primeiro é o que exatamente é desenhado, a composição geral, o segundo é como ele é desenhado, os elementos estruturais do desenho, o modo de desenhar. Estudando os desenhos de uma pessoa, então pelo caminho de seu desenho, pelo estilo, você pode aprender entre outros desenhos.

Interpretação da imagem atribui grande importância a tais indicadores que não dependem do enredo geral da imagem. Tais elementos estruturais são: localização do padrão, proporções, estilo de colorização, pressão, severidade da linha, taxa de apagamento, detalhamento e outros componentes do padrão que são representados.

Interpretação está na literatura

Na literatura, a interpretação do texto é necessária para interpretar seu significado, que o autor estabeleceu, para explicar as conexões ocultas e descrever seu significado.

O mesmo texto pode ser interpretado muitas e muitas vezes de maneiras diferentes, portanto a objetividade na interpretação não é muito significativa. A interpretação do trabalho tem uma enorme influência na personalidade do intérprete, todo o significado da interpretação pode depender de seus preconceitos e atitudes. Também importa a era a que pertence.

A interpretação do texto por causa disso é sempre relativa.

Exemplos de interpretação de textos: uma pessoa que interpretou um texto vivido no século passado e foi influenciada por eventos sociais e históricos que deixaram sua marca na própria compreensão do texto; Contemporâneos olham para o mesmo trabalho de uma maneira completamente diferente, eles o interpretam através de sua compreensão no sentido moderno. Eles podiam ver no texto tal significado, sobre o qual seu antecessor não adivinhava, mas, ao mesmo tempo, não conseguiam entender completamente seus pensamentos. Em que época histórica, sob qualquer influência da personalidade do intérprete, o verdadeiro significado, colocado pelo autor, não pode ser compreendido por ninguém e nunca.

A interpretação da literatura possui características próprias em diferentes períodos históricos.

Na antiguidade, a interpretação foi usada para descobrir os significados das alegorias, metáforas com as quais as obras literárias são saturadas. Foi interpretado não apenas o texto em geral, mas também a relação entre elementos no texto.

Na Idade Média, a interpretação, como método fundamental para a compreensão do texto, foi aplicada principalmente à interpretação das Sagradas Escrituras e textos bíblicos.

Na era da Nova Era, o significado da interpretação tornou-se ainda mais amplo, adquiriu uma direção mais filosófica e passou a ser aplicado em diferentes direções.

Interpretação, como a consciência do significado inerente ao trabalho do autor, onde ele é a principal fonte da ideia deste texto. E para entender melhor o que o autor quis dizer, é necessário conhecer sua personalidade. O estudo da biografia do autor permitirá sentir como ele foi influenciado, o que poderia tê-lo incomodado na época, tal transferência contribui para uma interpretação de alta qualidade.

A interpretação também passou a ser entendida como decifrando o código do texto, representado pelos componentes estruturais do texto. Nesse caso, o significado não vem da identidade do autor e de suas atitudes. O texto é suficientemente auto-suficiente e tem uma natureza objetivamente estrutural, essas características contêm um significado real.

Interpretação na abordagem pós-moderna foi entendida como uma técnica pela qual um texto literário é cheio de significado. Nesta abordagem, o trabalho em si não é definido pelo autor, seu significado não é determinado por quaisquer componentes estruturais e características do texto. O significado do trabalho é entendido no processo de leitura, ou seja, o próprio leitor preenche o texto com tal valor que ele entende pessoalmente através do prisma de suas características pessoais e experiência de vida, que afetam a compreensão e a consciência do significado. Mas esse significado só é verdadeiro no momento em que ocorre o processo de leitura, porque, em essência, não há um significado único no trabalho se ele muda de um leitor para outro. Saindo de todos esses diferentes significados de interpretação, é difícil reduzi-lo a um único significado científico e criar uma definição.

Interpretação é uma percepção individual de uma obra literária, dando-lhe significado, graças às possibilidades intelectuais do que está sendo lido. Às vezes um texto é tão freqüentemente diversificado interpretado que ele, por um lado, interfere em sua percepção, porque alguns pensamentos de intérpretes anteriores traíram sua influência, mas por outro lado, significa a riqueza do texto, sua interessante e significado.

Com base no exposto, na literatura o conceito de interpretação como método científico não é definido. É simplesmente entendido como um meio pelo qual a interpretação do significado se dá através do próprio sistema de valores do intérprete, que, por sua vez, retoma o campo da interpretação.