Psicologia e Psiquiatria

Ataques de agressão

Ataques de agressão ocasionalmente ocorrem em muitas pessoas. Isso é facilitado por situações críticas, brigas, estresse, sobrecarga nervosa. No entanto, se surgem explosões de raiva, sem uma boa razão e recorrem regularmente, transformando-se em incontroláveis, então esta é uma ocasião para pensar sobre as razões para a ocorrência de tal comportamento. Muitas vezes as pessoas mais próximas e queridas, assim como o próprio agressor, sofrem de tal condição.

Ataques de agressão

As razões para o comportamento agressivo são os problemas internos de uma pessoa, que incluem um aumento, constante senso de responsabilidade, fadiga, irritabilidade, dor, raiva e falta de autoconfiança. Acumulado todos os itens acima, procurando uma saída na forma de explosões de raiva.

A causa dos ataques de agressão em uma pessoa é também uma alta taxa de vida, esforço insuportável, descanso insuficiente, falhas de plano pessoal e profissional e a futilidade das expectativas. Outros indivíduos experimentam episódios de agressão se algo acontece não de acordo com a sua ideia. Muitas vezes, essas pessoas são muito difíceis de controlar a agressividade e até mesmo vai para o espancamento. Se você não prestar atenção a esse problema por um longo tempo, haverá problemas psicológicos que afetarão os relacionamentos pessoais.

Os ataques de agressão nas mulheres podem falar de problemas graves (doenças endócrinas e vasculares, atividade epiléptica, terapia hormonal, lesões ao nascimento e craniocerebral). Para esclarecimento, é necessário realizar um diagnóstico completo e após o início do tratamento.

Ataques descontrolados de agressão

A irritabilidade e a raiva são uma reação natural do organismo ao meio ambiente, mas se ataques descontrolados de agressão ocorrem, eles podem se tornar perigosos para a sociedade. O agressor, respingando reclamações sobre o meio ambiente, censura, insulta, depois se arrepende e lamenta fortemente, sentindo-se vazio e deprimido, sentindo um gosto desagradável em sua alma. Os sentimentos de arrependimento e culpa não são suficientes por muito tempo, então da próxima vez que a situação se repete. Existem casos e assaltos. Agressões emergentes de agressão em uma pessoa podem destruir uma família, já que sofrer ataques descontrolados de agressão, se comporta de maneira inadequada.

Ataques descontrolados de agressão no trabalho podem levar à demissão, e como resultado - depressão grave, bem como outras doenças psicossomáticas.

Ataques descontrolados de agressão em algumas pessoas ocorrem devido a dor súbita e fadiga.

Ataques de agressão em homens

Muitos especialistas argumentam que a abstinência prolongada contribui para distúrbios fisiológicos no corpo dos homens, levando à raiva e manifestações de ataques de agressão. Os distúrbios fisiológicos masculinos manifestam-se na disfunção erétil, bem como na ejaculação precoce. Aos 30 anos de idade, tudo isso é facilmente restaurado, depois dos 40 ele precisa de tratamento a longo prazo, e após 50 o tratamento é ineficaz.

Ataques de agressão em homens ocorrem por causa de pais pobres, hereditariedade e transtornos de personalidade, psicopatia. O tratamento inclui o reconhecimento oportuno de psicopatas e a neutralização de seus efeitos.

Como reconhecer uma mulher psicopata? O psicopata é caracterizado por uma manifestação pronunciada de reações emocionais, que se manifestam na incontinência, dependência do álcool e uma tendência à agressão. As principais características da psicopatia são extrema irritabilidade, irritabilidade, explosividade e raiva. Um homem pode se divertir com um psicopata, mas você tem que pagar por isso. O psicopata vai enganar a mulher com um sorriso no rosto e aterrorizar apenas um olhar. E quando uma mulher deixa de lhe interessar, então o psicopata a devastará e por muito tempo privará o equilíbrio mental, assim como a auto-estima. Uma mulher vai se tornar triste e vai pensar por um longo tempo onde ela cometeu um erro. Após essa comunicação, uma mulher precisa de reabilitação por um psicólogo para restaurar sua força mental. Se você teve o fato de agressão, então neste caso você deve pensar em sua segurança: se separar de tal homem.

Ataques de agressão em mulheres

Ataques descontrolados de agressão em mulheres geralmente ocorrem devido à depressão pós-parto. A mãe não consegue se adaptar às novas circunstâncias na forma do surgimento de um novo membro da família - o bebê, que transforma o relacionamento em um par em uma "tríade".

Muitas vezes há ataques de agressão nas mulheres, que colocam a vida em seus frágeis ombros, bem como criam filhos. Se uma mulher não tem tempo para fazer tarefas domésticas, e os caprichos de uma criança causar ataques agressivos nela, é necessário envolver parentes (marido, filhos mais velhos, pais - avós, avós) para ajudar. Deixe-os ajudá-lo: cuidar da limpeza, passar camisas, cuidar dos animais, fazer compras, brincar com as crianças. O mais importante é restaurar o antigo equilíbrio emocional da mulher. Até que a tensão nervosa liberte a mulher, os ataques incontroláveis ​​de agressão não terminarão.

Os ataques de agressão nas mulheres são removidos pela transformação da tensão em outra coisa. Isso é bem ajudado por esportes, hobbies ou algo relaxante, bem como calmante (ioga ou alongamento). Um monte de emoções positivas trará danças que vão relaxar, fortalecer o sistema nervoso de uma mulher. É importante prestar atenção à sua dieta, desistir de cigarros, café, energia e bebidas alcoólicas.

Os ataques de agressão nas mulheres ocorrem quando uma mulher fica sem a atenção do homem, porque ela afeta negativamente o sistema nervoso e leva à depressão e neurose, que podem se transformar em histeria e surtos de agressão. A abstinência prolongada das mulheres leva a uma diminuição da libido ou frigidez. A insatisfação sexual leva a um declínio acentuado da atividade laboral, a ataques incontroláveis ​​de agressão. Isto é especialmente claramente expresso em abstinência em mulheres. Foi estabelecido que aquelas mulheres que não têm relacionamentos íntimos permanentes parecem mais velhas do que seus pares que fazem sexo regularmente.

Ataques de agressão em uma criança

Muitas vezes, os pais de crianças pequenas enfrentam um problema desses: a criança se vira para as pessoas próximas a ele, bate na cara, pica, cospe, usa palavrões. Este comportamento da criança não pode ser tratado com calma. Se esse tipo de situação tem uma tendência a se repetir, então os pais precisam analisar exatamente quais momentos dos ataques de agressão ocorrem na criança, colocar-se no lugar da criança, descobrir o que causou tais explosões de raiva.

Ataques de agressão em uma criança quase sempre ocorrem por razões externas: aflição familiar, falta do desejado, privação de algo, experimentação em adultos.

Ataques de agressão em uma criança de um ano de idade são manifestados na forma de mordidas por um adulto, par. Para as crianças, as mordidas são uma maneira de conhecer o mundo ao seu redor. Algumas crianças de um ano de idade recorrem a mordidas quando é impossível alcançar seu objetivo, porque elas não podem expressar seus desejos. A mordida é uma tentativa de afirmar seus direitos, bem como uma expressão de sua experiência ou fracasso. Algumas crianças mordem qualquer ameaça. Crianças pequenas também se ressentem da necessidade de autodefesa, já que não conseguem lidar com a situação por conta própria. Há bebês que mordem para demonstrar sua força. Então, as crianças que buscam o poder sobre os outros. Às vezes, as mordidas também podem ser causadas por causas neurológicas. Quando você entender o que causou o comportamento negativo da criança, será mais fácil ajudá-lo a lidar consigo mesmo, ensinar técnicas positivas para resolver situações de conflito.

Como lidar com a agressão da criança? Lembre-se de que as crianças aprendem com os exemplos dos outros. Muito o bebê em seu comportamento toma conta da família. Se o tratamento grosseiro na família é a norma, o bebê assimilará essas formas, e o comportamento cruel dos adultos servirá como pré-requisito para a neurose. Lembre-se de que o comportamento do bebê é uma imagem completa do que está acontecendo na família. Com muita frequência, o comportamento agressivo é uma reação à falta de atenção à criança e, assim, o bebê atrai a atenção. A criança aprende que, por mau comportamento, recebe rapidamente a atenção há muito esperada. Portanto, os adultos devem se comunicar com a criança sempre que possível, apoiando sua comunicação positiva com outras pessoas e seus pares.

Acontece que os ataques de agressão em uma criança são desencadeados por uma atmosfera de indulgência, quando um bebê nunca sabe recusa, só alcança gritos e histeria. Neste caso, os adultos devem ser pacientes, pois, quanto mais negligenciado o problema, mais difícil é realizar a correção para eliminar os ataques de agressão na criança. Não devemos esperar que agora a criança cresça e tudo mude. Uma regra obrigatória ao lidar com uma criança é a constância das demandas dos adultos em todas as situações, especialmente quando a agressão aparece.

Correção de ataques de agressividade em uma criança inclui a conexão de situações de jogo, jogando com personagens de brinquedo, perto de situações reais. Assim que ensinar seu filho a se comportar com calma, seu bebê encontrará imediatamente uma linguagem comum com outras crianças.

Ataques de agressão

Um psicólogo ajudará você a entender sua própria vida. É possível que você tenha escolhido um ritmo muito alto, além de colocar cargas insuportáveis ​​em você mesmo. Neste caso, estresse e síndrome de burnout são quase inevitáveis.

Como lidar com ataques de agressão? Tente não acumular todos os pensamentos negativos acumulados, bem como irritação, porque, quanto mais raiva interior, mais fortes serão os ataques de agressão. Reduza o ritmo pessoal da vida, permita-se descansar. Se você acha que não consegue lidar com as cargas no trabalho, converse com colegas e superiores. Tire férias, um fim de semana prolongado, distraia do trabalho. Receber chás calmantes de plantas medicinais (erva de São João, tomilho, orégano, hortelã-pimenta, heartwort, camomila, valeriana, lima, em forma de coração, etc.) ajudará a aliviar o estresse mental e evitar o desenvolvimento de ataques agressivos.

Como se livrar de ataques de agressão? Meios eficazes são a transformação da tensão agressiva em outra coisa: praticar esportes, ioga, meditação.

Ataques freqüentes e desmotivados de agressão e ódio com antipsicóticos atípicos são suprimidos: Clozapine, Risperdal. Ácido valpróico, sais de lítio, trazodona, carbamazepina dão um efeito positivo. Alta eficiência dotada de antidepressivos tricíclicos.

Um lugar especial é dado no tratamento de ataques de psicoterapia de agressão. Existem técnicas especialmente desenvolvidas, cujo objetivo é redirecionar e suprimir a agressão.

Depois de um curso de psicoterapia, você pode aprender a aliviar rapidamente a tensão agressiva. Por exemplo, no momento do pico da agressividade desmotivada, rasgue os jornais em pedaços, lave o chão, lave as roupas, bata no rolo do sofá.

Levar a sério os esportes. A raiva esportiva liberará adrenalina e suprimirá seu estado agressivo.

Como lidar com o agressor? Avalie o risco potencial (objetos que podem ser usados ​​para ataque). Avalie o comportamento físico do agressor (punhos ou pés batendo). Sempre mantenha o agressor à vista, controle seu comportamento, nunca dê as costas para ele. Sempre leve a sério todas as ameaças verbais e mantenha uma distância segura. Não hesite em pedir ajuda adicional, porque isso diz respeito à sua segurança. Fique confiante, mantenha a calma, tente conversar calmamente para remover a agressividade, não discuta com o agressor.